Primeiras impressões | O esperado remake de Resident Evil 2

A Brasil Game Show 2018 já acabou e muitos jogos passaram pelo maior evento de games da América Latina. Um dos mais esperados e aguardados pelo publico desde seu anunciou é com toda certeza, Resident Evil 2 onde contaremos com o retorno de Claire e Leon.

Com uma dinâmica parecida com dos outros games, vemos uma qualidade gráfica muito avançada do antigo – mesmo que o produtor ”” diga que o game não é um remake direto, mas que deseja trazer coisas do antigo de forma diferente – temos lembranças obvias do feito em 1998.

Na demo tivemos duas oportunidades diferentes; podemos jogar com Leon, onde nos encontramos em uma casa e precisamos achar uma forma de sair do ambiente. E depois com Claire, onde paramos em uma espécie de esgoto e encontramos a garotinha filha de William Birkin, o criador do G-vírus e que se contaminou com o mesmo. Tudo se passa no ambiente de Raccon City.

Não quero me prolongar muito, já que não tivemos tempo de ver uma beta gigante, apenas um pedaço do arco de cada um. O arco que seguiremos com a Claire estava bem dinâmico e fluido, onde nos mexíamos tranquilamente e sem muitos problemas. A câmera ainda ficava um pouco confusa, então me sentia as vezes perdida, principalmente no escuro que mesmo com a lanterna não iluminava tanto. Outro ponto em relação a câmera era o fato dela parecer estar muito próxima das paredes, então quando virávamos perdíamos um pouco a personagem da tela.

Já quando testamos com Leon, posso dizer que parecia estar jogando com um bêbado. A jogabilidade dele estava um pouco chata, até pensei que poderia ser um problema com o controle ou algo parecido, mas vi muitas pessoas falando sobre isso. Quando miramos no inimigo está tudo tranquilo, mas na hora que atiramos parece que Leon não aguenta a pressão da arma e gira a câmera para o lado oposto, sem acertar o alvo direito. Sua forma de caminhar é bem fluida, mas o grande problema mesmo ainda são os bugs de câmera, mas como já era esperado por estar em beta.

Resident Evil 2 Remake promete ser um jogo que vai surpreender, deixando seus fãs da franquia felizes. É possível que a galera sinta a nostalgia, como eu senti, ao ver aqueles personagens novamente – principalmente Claire. Agora devemos esperar a versão definitiva chegar em nossas mãos, para conseguir dizer se pode ser ou não o game do ano.