Sharp Objects | Caso misterioso ronda Amy Adams em nova minissérie da HBO – Primeiras impressões

A HBO é muito conhecida por suas adaptações literárias nas telas da televisão. Vemos como é lindo o trabalho e sucesso que ocorreu com Big Little Lies e Game of Thrones, contando ainda com um grande sucesso que é Westworld – que teve o termino de sua temporada recentemente. E o canal não parou por ai, trazendo agora a obra de Gillian Flynn, onde temos Amy Adams (A Chegada) no papel principal, mostrando todo seu encanto e talento para uma obra de mistério e suspense.

Objetos Cortantes (Sharp Objects, original) coloca o telespectador em um drama psicológico e mistério, onde caminhamos junto com a repórter Camille Preaker (Adams) decifrando um grande mistério que ronda sua cidade natal e revirando seu passado, infância/adolescência. Vemos como Camille se identifica com as duas jovens assassinadas na cidade, onde tenta juntar as peças e saber o motivo das mortes, cobrindo um grande furo jornalístico.

O drama não gira apenas em torno da investigação, mas como seu retorno a cidade de Wind Gap, Missouri, acaba desencadeando lembranças sombrias em seu passado e conflitos que existiram – e ainda existem – com sua família; sua mãe, Adora Crellin (Patricia Clarkson), que acaba agindo de forma muitas vezes agressiva – como se culpasse Camille de algo – e superprotetora com sua meia-irmã, Amma (Eliza Scanlen), que faz toda a posse de boa filha, mas vive solta pela cidade com seus amigos andando de patins.

Os dois primeiros episódios é bem para nos introduzir para o que vamos ver durante os oito episódios, onde podemos esperar uma grande solução e teremos uma luz ou que podem segurar para uma próxima temporada, dependendo de como a série estiver andando.

A adaptação e a direção de Jean-Marc Vallée – que estará no comando de todos os episódios da temporada – nos dá um gostinho do cuidado que o diretor tem, seja no detalhe do papel, roupas e tudo o que vemos no livro. A única diferença é que no livro logo no começo já sabemos várias coisas em relação ao passado e os fantasmas de Camille, mas Marc Vallée pelo jeito decidiu guardar um pouco disso para desenvolver a personagem aos poucos e também instigar a curiosidade do publico para acompanhar ao máximo o caso.

Sharp Objects consegue logo em seus primeiros dois episódios aquele mistério que todos nos gostamos, onde queremos fazer uma super maratona para saber o que acontece no final. A nova série da HBO promete muito com uma história envolvendo e elenco incrível, podendo ser um grande sucesso no canal.