Resenha | Wynonna Earp – 2ª Temporada

Wynonna Earp terminou seu arco da segunda temporada, mas em plena San Diego Comic Con 2017 garantiu sua renovação para o terceiro ano e que depois desse incrível final de temporada os fãs vão querer descobrir os olhares trocados e pessoas na sombra.

Só recapitulando na primeira temporada entendemos melhor sobre a história dos Earps, uma família muito antiga que mora na cidade de Purgatory e sofre com uma maldição demoníaca, onde pessoas mortas – ou retornados como são chamados – voltam para se vingar, mas também viver uma vida normal, mas sempre tomando cuidado com a herdeira da família, Wynonna Earp (Melanie Scrofano) que retorna a sua cidade natal após o falecimento do seu tio e completar 27 anos.

Vemos o desenvolvimento da personagem acontecendo a cada episódio que passa e como muitas coisas da temporada passada influenciam na vida não só dela, mas de sua irmã Waverly Earp (Dominique Provost-Chalkley), que trabalham com o agente Xavier Dolls (Shamier Anderson) e Doc Holliday (Tim Rozon) – um antigo amigo da família.

Wynonna mesmo depois de derrotar os 7 retornados da maldição outras surgem, como a das noivas de preto que desejam juntar as joias para trazer seu marido a vida e também o retorno de Bobo Del Rey (Michael Eklund). Cada episódio foca em uma coisa por vez, mas sempre deixado um gancho perfeito para o próximo episódio. Sempre existem alguns pequenos erros de continuidade, mas só aqueles que tem toque podem reparar, já que acabam não sendo tão nítidos assim.

O relacionamento de Wynonna com Dolls e Doc é muito mais bem explorado, ainda mais agora com o surgimento de Rosita (Tamara Duarte) – retornada e namorada de Doc – e também a relação de Nicole Haught (Katherine Barrell) com Waverly – que já havia começado na primeira temporada com Waverly descobrindo sua sexualidade junto de Nicole e agora com ele já estabelecido na trama.

A segunda temporada de Wynonna Earp conseguiu nos manter presos igual na primeira onde tudo era muito novo, trazendo não só novos personagens, mas até mesmo viagem no tempo. Agora só podemos esperar 2018 para a chegada de sua terceira temporada, onde vamos entender os olhares trocados por Nicole e Dolls em relação ao caso de cultos – que provavelmente está sendo investigado pelos dois – e também sobre a mãe das Earps que surge logo no final do episódio. Agora só podemos aguardar e torcer para que a série se mantenha o mesmo de sempre sem sair dos trilhos.