Entrevista | Cesar Alcázar e Fred Rubim

Todos nós, brasileirinhos amamos quadrinhos. Sejam eles nacionais ou internacionais, mas o que realmente importa são as histórias apresentadas. Sempre em busca do melhor conteúdo, batemos um papo com Cesar Alcázar e Fred Rubim, que falaram conosco um pouco sobre a Editora AVEC e seu primeiro HQ com a mesma, O Coração do Cão Negro. Confiram ai embaixo:

Estação Geek: Como é ser quadrinista?

Cesar e Fred: Ver uma obra germinar, crescer e chegar até uma livraria ou às mãos de um(a) leitor(a) é uma sensação incrível. É um trabalho extremamente prazeroso e imersivo, mas que exige muito esforço e dedicação.
É preciso paciência e foco para se realizar um projeto do início ao fim, principalmente no Brasil, onde o mercado é pequeno, e a imensa maioria dos quadrinistas tem outras profissões paralelas. 

EG: Como nasceu os Contos do Cão Negro? 

CF: O personagem nasceu nos contos publicados pelo Cesar em algumas antologias de literatura fantástica. Em 2015, fui convidado por ele para desenhar uma adaptação para quadrinhos, que começou a ser publicada como webcomic no site OutrosQuadrinhos, do Fabiano Denardin. Já em 2016 fechamos com a AVEC editora a publicação da primeira HQ, O Coração do Cão Negro, já com a ideia de ser uma série com vários volumes.

EG: Quanto tempo vocês dedicaram para realizar o primeiro e segundo volume? O roteiro foi todo feito de uma vez?

CF: Cada edição leva cerca de 7 ou 8 meses para ser desenhada e colorida.

EG: Vocês já tem em mente quantos volumes de Cão Negro querem lançar?

CF: Existe bastante material base. A ideia é continuar produzindo enquanto houver interesse do público e da editora.

EG: Considerando que Cão Negro tem cerca de 60 páginas, existe a possibilidade da série ser lançada de forma compilada no futuro após sua finalização? É um desejo de vocês?

CF: É uma bela ideia! Eu gostaria muito de ver uma edição especial recheada de extras, mas por enquanto o plano é continuar nos volumes avulsos. 

EG: Para finalizar..Porque deveriamos ler Os Contos do Cão Negro?

CF: Bem, pra começar, é uma história sobre guerreiros e guerreiras Vikings, feiticeiras Celtas e gigantes saxões! Mas creio que as pessoas que gostaram da série não foram fisgadas apenas pelo tema, mas também se interessaram pela história dos personagens e as relações entre eles.

Há também um pano de fundo histórico muito bem elaborado nos roteiros criados pelo Cesar, além de uma pitada de fantasia, com elementos tirados do folclore irlandês.

Entrevista feita pela equipe Estação Geek