Entrevista | Pipoca e Nanquim

Tivemos a grande oportunidade de ler ‘Conto de Areia’, que nossos queridos do Pipoca e Nanquim trouxeram para os fãs e com isso aproveitamos para fazer algumas perguntas para eles, envolvendo também seus próximos lançamentos e o que vem por ai.

Confira abaixo nossa conversa:

Estação Geek: Como foi o processo de negociação com a Henson Company e a Editora Archaia para Conto de Areia?

Pipoca e Nanquim: Na verdade não tivemos contato com a Jim Henson Company, mas apenas com o representante da editora Boom, que é a detentora dos direitos e da qual a Archaia faz parte. Foi tudo bastante tranquilo; houve alguma lentidão para fechar o contrato e um mínimo de dificuldade na aprovação final da HQ, mas, de modo geral, o processo acabou sendo bastante indolor.

 

EG: Nesse ano ou em um futuro próximo, considerando o cenário de Quadrinhos com inúmeros lançamentos, a editora pretende lançar mais de um titulo por mês?

PN: Neste ano não, mas é uma possibilidade. Dificilmente lançaremos títulos que compitam entre si, mas lançar um livro (como o Conan, por exemplo) e um mangá ou mesmo uma graphic novel seria algo totalmente viável. Mas, para tanto, nossa operação ainda tem que crescer bastante.

 

EG: Vocês pensam em trazer os autores das HQs que estão lançando para os eventos no Brasil?

PN: Sim. Para a CCXP tentaremos alguma coisa nesse sentido. Não estamos fazendo nenhum tipo de anúncio, mas é algo que está nos nossos planos.

 

EG: Vocês pretendem lançar obras que tenham diversos volumes?

PN: Nada muito extenso, pois não queremos cair numa lógica perniciosa que já vitimou diversas editoras. Por exemplo, uma HQ pode parar de vender lá pelo volume 5 ou 6, o que inviabiliza continuar o lançamento. Ou pode haver uma troca da equipe criativa e a qualidade cair, o que novamente gera um problema. A princípio, a não ser que algo extremamente consagrado caia em nossas mãos, vamos nos concentrar em obras fechadas e/ou curtas.

Entrevista feita pela equipe Estação Geek.