Bruce Miller apresenta The Handmaid’s Tale na Rio 2C 2018

Criador e produtor executivo da premiada série original do Hulu, The Handmaid’s Tale, falou em painel na RIO2C sobre a identificação de histórias capazes de produzir narrativas consistentes, os desafios da adaptação literária (os livros escritos por Margaret Atwood) para audiovisual, a escolha do casting para construção dos personagens e desvenda seu processo criativo.

*Matéria feita por Nicholas Gonçalves em 04-04-2018

No painel apresentado por Rosane Stvartman (Roteirista e Diretora) acompanhada de Maria Camargo (Roteirista) e Ana Flávia Cavalcanti (Atriz, Roteirista e Diretora) que durou cerca de 1h 30min, Bruce Miller, que trabalha há 25 anos na indústria, com o seu bom humor, relatou diversos detalhes da primeira temporada da série baseada no romance O Conto de Aia. Como ter lido o livro em sua adolescência, as atrizes usarem pouca maquiagem em suas cenas, a delegação das funções dentro da produção (como orçamento, liberação de direitos, edição) e a parceria com a Hulu.

A atriz Elizabeth Moss, protagonista e produtora de THT, foi bastante elogiada pela sua participação ao longo da produção. Um tópico abordado durante o painel e que sempre gera comentários é sobre passar um livro para uma outra mídia, a questão de se manter fiel e agradar o público leitor do livro.

Foi mostrado clipes de 3 cenas, o trailer da primeira e segunda temporada. Porém, o mais interessante dito por Bruce ao final do painel, é o interesse de fazer  10 temporadas de THT (no mínimo).

É esperar para ver…

A segunda temporada de The Handmaid’s Tale estreia no serviço de streaming Hulu neste mês.