Editora Panini divulga comunicado sobre recente aumento de preços

Afim de diminuir a polêmica, a editora divulgou um comunicado a respeito do assunto. Neste, foram divulgados, de forma genérica possíveis fatores para o aumento. Você confere na íntegra abaixo:

Prezados colecionadores,

Visando manter a qualidade editorial e gráfica de seus produtos, a Panini Brasil fez um realinhamento nos preços a partir de 01/01/2018.

Grupo Panini – com filiais em toda a Europa, Estados Unidos, México, Chile e Brasil – , tem como objetivo principal oferecer produtos de excelência aos seus colecionadores e clientes.

Panini trabalha com grandes licenças e produtores de conteúdo editorial, em sua quase totalidade, cobertas por direitos de propriedade internacional que sofrem com o impacto não só da concorrência, mas também da flutuação do mercado cambial. Esses contratos preveem lançamentos com alto padrão de conteúdo e impressão e em linha com os mesmos títulos publicados em outros países.

Tivemos durante os últimos anos a preocupação de manter inalterado, ou com pequena variação, os preços de capa de nossos produtos sem redução da qualidade editorial e gráfica. Essa situação tornou-se insustentável, tendo em vista a desvalorização cambial e os aumentos das matérias-primas utilizadas na produção das publicações que são cotadas em moeda internacional.

Apesar do realinhamento de preços que tivemos que fazer para manter e, em muitas oportunidades, melhorar ainda mais os atributos de nossos produtos, os preços praticados pela Panini no Brasil são inferiores aos outros mercados internacionais.

Assim, todas as licenças publicadas pela Panini no Brasil tiveram o preço de capa reajustado com base nos acabamentos, estrutura de página, inflação, aumento de valores de commodities e ajuste de tiragem.

Esperamos a compreensão de nossos colecionadores e clientes,
Panini Brasil