Resenha – Artista do Desastre

Artista do Desastre, longa-metragem da Warner Bros., lançado nos EUA no final do ano passado (08 de dezembro), é o novo filme de James Franco (Planeta dos Macacos, Homem Aranha). Aqui o ator também assume as rédeas da direção (algo que já fez em dois episódios de The Deuce, série da HBO) e também atua como produtor, ou seja é um filme com assinatura total de Franco. O longa já lhe rendeu o Globo de Ouro (Melhor Ator em Comédia ou Musical para James) e entra como forte candidato ao Oscar na categoria Melhor Filme.

Mas, será que é tudo isso mesmo?

Com orçamento estimado em 10 milhões, Artista do Desastre se baseia na caótica produção do filme The Room de Tommy Wiseau (diretor/produtor/roteirista/ator), considerado o pior filme de todos os tempos lançado em 2003. A trama escrita por Scott Neustadter e Michael H. Weber se passa entre 1998 e 2003 (onde ocorrem saltos temporais) e acompanhamos os recém amigos Greg Sestero (Dave Franco, irmão de James na vida real) e Tommy Wiseau (James Franco) indo a Hollywood em busca do sonho de ser tornares. Tendo lidado com inúmeras rejeições, Wisou resolve que eles devem fazer o seu próprio filme.

Todas as entrevistas feitas por Greg e Tommy, dos demais atores e profissionais de bastidores geram bastante humor, pois eles não tem noção alguma de quem poderia se adequar melhor as funções dentro do filme que produziam, cuja produção previa 40 dias de filmagens, mas acaba passando disso, algo que é inclusive motivo de piada no filme.

No geral, é um filme que funciona mesclando bem drama e comédia, sendo as partes cômicas mais acentuadas durante seus 104 minutos. Este é o típico filme que a Academia costuma premiar, visto que fala da arte do cinema em si, Hollywood, o sonho de ser ator, o making of de um filme, a relação entre os profissionais deste ramo e passa uma boa mensagem de fundo: sempre persistir com os seus sonhos.

Ao final do longa são mostradas imagens reais de Greg e Tommy, que são amigos até hoje, há comparações com The Room original mostrando algumas cenas lado a lado e é nítida a dedicação de Franco no papel que pode fazê-lo ser indicado ao Oscar deste ano. A trilha fica por conta de Dave Porter que tem como destaque a música Rhythm of the Night, a qual provavelmente você vai sair do cinema cantando e feliz por ter visto um bom filme.

 

Ficha Técnica

The Disaster Artist – 2017
Duração: 104 minutos
Gênero: Comédia/Drama/Biografia
Diretor: James Franco
Elenco: James Franco, Dave Franco, Alison Brie, Seth Rogen, Josh Hutcherson e Zac Efron.